Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Manifestantes protestam contra o governo Bolsonaro em Manaus - Portal Nortão


No comando: Amor sem fim!

Das 10 às 20:00

No comando: Music Paradise

Das 10:00 às 12:00

No comando: Top Fã – Nortão

Das 14:00 às 15:00

Manifestantes protestam contra o governo Bolsonaro em Manaus

Cerca de 80(oitenta) participantes defendem impeachment do presidente em ato no Largo São Sebastião, no Centro.

Um grupo com cerca de 80(oitenta) manifestantes participou de um ato contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na manhã deste domingo (12), em Manaus. O grupo permaneceu reunido no Largo São Sebastião, localizado no Centro da capital.

A concentração teve início antes das 9h. Os manifestantes pediram o impeachment de Jair Bolsonaro e de seu vice, General Mourão. Os participantes usaram máscaras e a maioria respeitou o distanciamento social recomendado(até porque não teve adesão da população).

O protesto ocorreu de forma pacífica. Os atos foram convocados pela UNE, PCdoB, UJS, PCO, PSol, CUT, MBL, PDT, Partido Novo e PT. Policiais militares acompanharam a movimentação.

7 de setembro

Diferentemente do que ocorreu no ultimo domingo, 12/09, os protestos a favor do presidente Jair Bolsonaro que ocorreram no dia 07/09, terça feira, levaram centenas de pessoas as ruas. Somente na Ponta Negra, cerca de 100 mil manifestantes estavam presentes.

Além da Ponta Negra, Bola da Suframa na zona centro sul e Praça do Congresso, no centro de Manaus também tiveram manifestações na ultima terça feira a favor de Bolsonaro. No Povos da Amazônia(SUFRAMA) estimou-se cerca de 4 mil pessoas e na Praça do Congresso cerca de 3 mil pessoas.

Fiasco

Em resumo, as manifestações a favor do impeachment do Presidente Jair Bolsonaro a nível de Brasil convocados por grupos de esquerda, como UJS e UNE foram um fiasco. Em Salvador-BA o publico presente chegou a 60 pessoas, no Recife-PE, não passou de 100 pessoas, No Rio de Janeiro, RJ, no posto 5, haviam cerca de 200 pessoas manifestando contra o presidente e em São Paulo-SP, na Avenida Paulista em frente ao Masp, haviam cerca de 1000 pessoas.

Participaram do ato o governador de São Paulo, João Dória(PSDB), o ex-presidenciável, João Amoedo(NOVO), o ex-governador e ex-ministro de Lula, Ciro Gomes(PDT), além dos lideres do movimento Vem pra Rua e MBL, como o deputado federal Kim Kataguiri(DEM) e o deputado estadual de São Paulo, Arthur Mamãe Falei(DEM).

Deixe seu comentário: